quarta-feira, 8 de junho de 2016

Olhem, está agora a começar a jogar a seleção e o facto de o meu Miguel Veloso não jogar também contribui para o estado em que me encontro!




A primeira coisa que fiz ao chegar a casa foi fechar-me na casa de banho a chorar.

Já estendida no chão frio, só me vinha uma coisa à cabeça: Mellia, és uma grande merda!

Eu dou tudo de mim, tudo. Eu abdico de coisas minhas em função dos outros. Eu posso estar a ter o pior dia de sempre, mas se vejo alguém mal, ponho de lado os meus problemas e faço de tudo para pôr um sorriso nos lábios desse alguém. Nada disto é feito com a intenção de receber algo em troca, eu faço-o porque sou mesmo assim. Mas a verdade é que custa, custa tanto estar a sofrer e ver absolutamente ninguém importado.
Hoje de manhã ouvi estas palavras vindas de um rapaz que nos últimos tempos eu considerava como uma das melhores pessoas que entrou na minha vida "Tu nunca vais ser suficiente para um rapaz, não tens sequer onde agarrar". É esta a sociedade com que me deparo. Quer dizer, sou menos mulher/rapariga/miúda porque sou magra e não tenho onde agarrar. Está bem, é bom saber.
Já à tarde, a professora de Inglês deixou-nos sair mais cedo por ser a última aula e fomos todos ver uma final de um jogo de futebol entre colegas de outras turmas. Estava eu a sentar-me num muro quando reparo que, um pouco afastados de mim estava o Dilan a pegar na mão da Chloé e a encostá-la ao coração dele. Foi como que um murro no estômago. A Chloé é uma porca, anda a fazer-se a todos os rapazes que encontra, mas claro que é a ela que o Dilan dá atenção. Eu deixei de falar com alguns rapazes (nomeadamente o Vincent com quem me dava tão bem que até todos acham que eu estou apaixonada por ele) apenas para que o Dilan não ficasse com uma má imagem de mim, mas vai-se a ver e ele prefere as porcas.
Tudo isto fez com que passasse o dia completamente deprimida. Embora este meu estado se deve-se ao Dilan vocês acham que ele se dignou a vir ter comigo dizer qualquer coisa? Não, claro que não. O interesse dele em como eu estava ou deixava de estar foi nulo. Até o rapazolas que me massacrou a tarde inteira no outro dia (falei disso aqui) veio à minha beira e perguntou "Estás a chorar?" e eu respondi "Não" e ele então deu-me um encontrão e disse "Olá pita!". Caramba, até um miúdo irritante do 5°ano demonstrou uma pontinha de compaixão mesmo não me suportando. Fogo, um dos rapazes que eu menos gosto na turma veio perguntar-me "Tu estás triste porque não me vais ver durante as férias não é?" ao que eu respondi "Sim" e ele disse "Tenho pena de ti", depois esperou pelo meu "Também eu" e fez-me uma festinha no cabelo. Apesar do "Tenho pena de ti" dele se referir ao facto de ter pena de mim por ficar afastada dele tanto tempo a verdade é que o meu "Também eu" tinha mais a ver com o facto de eu ter pena de ser tão estúpida, de acreditar sempre na possibilidade de as pessoas até serem capazes de gostar de mim e depois acabar por me desiludir quando me apercebo que a minha presença na vida das pessoas é indiferente...

5 comentários:

  1. Primeiro que tudo, que se f*d@ o tipo que disse as palavras mais parvas que já ouvi! Tu és uma miúda incrível e é impossível não gostarem de ti, só se forem estúpidos, cegos e surdos!
    Segundo, o Dilan deve ser mesmo tapadinho para não ver a rapariga que tem à frente e ainda preferir essa Chloé! Queres um conselho? O ano está a acabar e não tens nada a perder! Encosta-o à parede (é uma força de expressão, mas literalmente também pode resultar) e diz-lhe tudo o que tens entalado! Se ele ainda assim não fizer nada, é porque não está nem aí e não te merece e o melhor que tens a fazer é esquecê-lo, mas ao menos disseste-lhe tudo o que tens guardado dentro de ti. Se correr bem e ele retribuir... ;)
    Só não quero mais posts tristes por causa deste rapazola que não te sabe dar o devido valor! Tu és uma miúda espectacular e mesmo que o Dilan não seja a pessoa certa para ti, um dia vais encontrar esse alguém especial! Força, miúda! :)

    ResponderEliminar
  2. mellia, deixaste-me TÃO triste com este post agora... :( o que te posso dizer é: lembra-te, acima de tudo, que estás na idade da parvoíce, dos sentimentos demasiados, assim como as pessoas com que, provavelmente, mais lidas no dia-a-dia. portanto, vamos lá: não sei se sabes mas eu também já sofri (um pouco muito!) por causa da minha aparência. ouvi muitas bocas, muitas coisas parvas que não me quero estar a lembrar. não por ser gorda ou magra, mas por não ser bonita. tenho um nariz batatudo, tenho umas bochechas enormes, tenho cicatrizes na cara. sim. e então? alguém pede para nascer de tal maneira? os pais mandam uma cartinha ao pai natal para que o filho nasça loiro, de olhos azuis, etc.? a sério, quanto a esse rapaz, CAGA!! manda-lhe um postalzito a dizer "parabéns, és tão lindo que hoje até se decidiu ser o dia mundial da tua beleza" e, no dia a seguir, manda-lhe outro postal a dizer "parabéns, dizes tantas baboseiras que hoje até se decidiu ser o dia mundial da tua parvoíce". A SÉRIO, MELLIA. CAGA NISSO!!! mais vale não seres o que a sociedade manda e alguém gostar de ti pelo que és (e alguém gosta/vai gostar), do que só gostarem de ti pela tua aparência. isto vai parecer parvo, mas se vires um bocadinho do "love on top" que dá na tvi (eu sou completamente viciada, desculpa ahahahah), vais ver no que isso dá. tens uma personalidade linda e isso bate tudo tudo tudo! e eu aposto que és linda à mesma! :) não te esqueças que a aparência a gente muda, a personalidade também mudamos mas é muito mais difícil! :) quanto ao dilan, também está na idade da parvalheira... no início da história, eu até lhe dava o benefício da dúvida. mas, sinceramente, agora acho que ele até te faz mal. ele é totó, por fazer o que faz em relação às drogas, em relação ao que contaste neste post. e tu mereces tão melhor que ele! a sério! :) conclusão: nunca subestimes nem desrespeites os outros, mas ama-te acima deles, percebes? quando começares a gostar realmente de ti, tudo se torna mais fácil. vais gozar com o que o outro rapazola disse porque podes não ter o corpo incrível, mas tem a personalidade. e vais-te rir por teres gostado tanto de alguém como o dilan. sinceramente, acho incrível e só alguém com um coração tão grande quanto o teu poderia continuar a lutar por ele, para, de certa maneira, o salvar. mas já chega, eu acho. olha por ti, apoia-te, vê o que é melhor para ti e ama-te. ok? gosto muito de ti e tens SEMPRE a blogosfera para te ajudar :)

    r: obrigadaaaa <3

    ResponderEliminar
  3. Bem Mellia, a Amy disse tudo, mas mesmo tudoo sabes?
    Então re-lê o comentário dela as vezes necessárias para deixares de pensar assim sua tontinha!

    Mas confesso que o meu final de dia/noite de ontem e o dia de hoje está muito assim... Já chorei imenso e tenho os olhos que mais parecem batatas!
    E esta parte do post "Eu dou tudo de mim, tudo. Eu abdico de coisas minhas em função dos outros. Eu posso estar a ter o pior dia de sempre, mas se vejo alguém mal, ponho de lado os meus problemas e faço de tudo para pôr um sorriso nos lábios desse alguém. ", identifico-me tanto, mas tanto que nem imaginas!

    Ontem à noite já estava mal por causa da minha mãe, e fiquei mais calada que um sei lá, o Stiles também ficou calado do nada quando até então estava tudo normal e bem, ficou assim principalmente comigo, sim porque até a caroline disse que ele com ela estava a falar normalmente! Mas bem... Isto tem muito pano para mangas... Assim como acredito que a tua história deste post também. Se me quiseres mandar um mail (singinthesevenmoons@hotmail.com) estás à vontade princesa ;)
    A mim, toda aquela coisa anterior, e muito incompleta, só para dizer que ontem quando cheguei a casa recebi sms de toda a gente a perguntar o que se passava e se estava bem, e hoje também. E o Stiles? Isso mesmo, nada! ...

    ResponderEliminar
  4. r: Não sei, dizem-me que não. Mas eu penso imenso nas cenas que faço e acabo sempre com a ideia de que eu é que só faço porcaria sabes?
    E sinto que é algo que eu faço que o faz afastar-se assim do nada.
    Mas ele podia falar comigo quanto mais não fosse para se esclarecer Mellia! Agora, ficar assim do nada comigo, não.

    ResponderEliminar
  5. Ao tipo que disse que não tens "onde agarrar", respondias que não é preciso. As gordas é que têm que ter pegas para agarrar, porque escorregam. ahahahah
    Olha, lamento que a tua vida afetiva ande assim, mas não adianta dizer que é normal, que são coisas da adolescência, que depois passa, porque ninguém acredita nisso antes de sair da adolescência.
    Por isso te digo: aguenta e não chora. Ou chora que sempre alivia. Vai vivendo e aprendendo que nem tudo o que reluz é ouro. Mas ainda és muito nova para relações sérias e duradouras. Curte a vida e vai-te entretendo com os gajos errados, enquanto não encontras o gajo certo. ahahah
    Conselhos do avozinho. lol

    ResponderEliminar