quarta-feira, 13 de abril de 2016

Eu tenho é pena dele por me ter aturado a viagem inteira!




Hoje à tarde, como em todas as tardes, apanhei o autocarro, no entanto o meu companheiro de banco não foi e por isso o meu companheiro foi outro: o Leo.
O Leo entrou no autocarro depois de mim, e acabou por sentar-se comigo. Eu estava com a cara de enterro que se apoderou de mim esta semana e ele perguntou-me o que se passava. Pois bem, dei por mim a contar-lhe tudo. 
Primeiro disse que se devia a desilusões desta vida, daí até falar do Dilan foi um passinho minúsculo. Não falei no nome dele, mas disse tudo o que sentia. Falei-lhe da confusão que vai nesta cabeça, do facto de o Dilan ser uma pessoa super instável, do facto de ele conseguir ser a pessoa mais querida do mundo nuns momentos e um grande parvalhão noutros, do facto de eu desejar tanto que ele não estivesse sempre a iludir-me tratando-me de uma maneira em certos dias e ignorando-me completamente noutros... Mesmo depois de ouvir todas as minhas queixas o que ele me disse foi: deves lutar.
Fiquei em choque. Não estava nada à espera que ele, logo ele, me fosse dizer aquilo. O Leo assertivo estava a dizer-me para lutar enquanto o resto do mundo me dizia o contrário. Se eu estava confusa então agora nem se fala...
Eu estou completamente dividida. Parte de mim quer continuar a lutar e a outra parte seguir em frente. O que eu me tenho perguntado é: lutar pelo quê? Por uma relação que nós não temos? Por um rapaz que só me dá atenção quando se lembra? Por um rapaz que ultimamente só me tem feito mal? 
As coisas estão tão diferentes agora... As trocas de olhares são cada vez mais raras e inexplicáveis, os sorrisos começam a ser substituídos por uma enorme desilusão e os "Amo-te" esses, nunca deviam ter saído da boca dele quando não eram sinceros e apenas serviam para me confundir... O pior é que já não reconheço bem o Dilan, como é que alguém consegue mudar tanto a sua atitude em duas semanas de férias que tivemos? Caramba, onde está o Dilan que na última semana de aulas me convidou para almoçar com ele, onde está o Dilan que na última semana de aulas me chamou para junto dele, me deu um beijo e me segredou um dos últimos, senão mesmo o último "Amo-te" ao ouvido? Onde está o Dilan que na última semana de aulas deixou um amigo a falar sozinho porque garantia que eu era mais importante? 
Onde estás e porque não voltas?

7 comentários:

  1. Querida Mellia,
    Ao ler este post, senti a tua dor. Transmites uma enorme nostalgia e eu não sei se hei de ficar feliz por possuíres uma maturidade tão elevada ou triste por te ver cada vez pior devido ao Dilan.
    De uma coisa estou certa: esse rapaz é amado em demasia por uma rapariga fantástica. Resumindo: ele é um estúpido e não merece nem o teu dedo mindinho! Mas eu também sei que os sentimentos são uns grandes sacanas e se apoderam de nós e, mesmo quando agimos como retardados, nem nos apercebemos dos erros que cometemos nem dos buracos em que nos afundamos.
    Um conselho: tenta ignorar o Dilan durante os dias. Interage somente o indispensável com ele e vê qual é a sua reação. Se ele ficar indignado e notar que mudaste... Talvez o teu esforço (para ficar com ele) valha a pena! ;)

    ResponderEliminar
  2. Bem, que mais posso acrescentar? A Mia disse tudo! :)

    ResponderEliminar
  3. hummm... IGNORA O DILAN. ele não te merece, já o disse milhões de vezes e digo-o outra vez. existem montes de rapazes merecedores da tua atenção, não vale a pena andares a chorar pelos cantos porque ele vai estar sempre a brincar com os teus sentimentos e vai sempre estar a abusar da tua confiança e a levar-te a querer que gosta de ti enquanto deve andar a fazer o mesmo com outras três. já conheci rapazes assim e eles não prestam, eles não prestam e não mudam

    ResponderEliminar
  4. Ignora-ooo!

    r: Aprende a interpretar amiga!

    ResponderEliminar
  5. r: acredita no que quiseres, até agora só te provou que não presta, não acho que seja saudável para ti estares a alimentar esses sentimentos por alguém assim

    ResponderEliminar
  6. Eu acho que o devias ignorar e seguir! ❤

    ResponderEliminar
  7. Olha que a indiferença é muito pior do que qualquer outra coisa que faças *

    ResponderEliminar